Home > Destinos > América Central > Ilha de Ometepe

Ilha de Ometepe, Nicarágua

A ilha de Ometepe é um paraíso natural e um importante destino turístico da Nicarágua. Localizada no Lago Nicarágua, também conhecido como Lago Cocibolca, a ilha ocupa uma área de 276km² e abriga uma população de cerca de 30.000 pessoas. Conhecida principalmente pelos dois vulcões que formam a ilha, o Concepción e o Madeira, Ometepe oferece muitas outras razões para ser incluída em um itinerário pela América Central.

Volcán Concepción
Volcán Concepción

Apesar de contar com um pequeno aeroporto, na prática só se pode chegar à ilha de Ometepe navegando pelo lago. A forma mais comum de fazê-lo é através do povoado de São Jorge, vizinho à cidade de Rivas, de onde ferries e lanchas partem com bastante frequência ao longo do dia. A viagem em ferry desde São Jorge até Moyogalpa demora em torno de uma hora (as lanchas são mais rápidas e um pouco mais baratas, mas menos confortáveis). Alternativamente, pode-se sair de Granada diretamente a Altagracia, duas vezes por semana, em uma viagem de 4 horas, ou desde San Carlos, próximo à fronteira com a Costa Rica, também duas vezes por semana, em uma viagem de doze horas.

Moyogalpa, embora seja a principal cidade de Ometepe, é um povoado bastante compacto, com toda a "agitação" enfocada na rua Santa Ana, que conecta o porto à igreja. Ali se encontram hotéis, restaurantes, mercados e tudo mais que um visitante possivelmente necessite durante a sua estada na ilha. Moyogalpa é uma excelente base para explorar o restante da ilha, dada a sua relativamente boa infraestrutura de apoio. Além disso, pousadas e hotéis-fazenda abundam ao longo da ilha, de modo que também é possível estar a maior parte do tempo afastado do resto da civilização.

Moyogalpa
Moyogalpa

Como que observando Moyogalpa a uma pequena distância, ergue-se majestoso o vulcão Concepción, que atinge uma altitude de 1.610m. A última grande erupção desse vulcão foi em 1880, embora outras tenham seguido de tempos em tempos - a mais recente tendo ocorrido em 2010. O vulcão Concepción é frequentemente visitado e seu cume pode ser alcançado em uma caminhada difícil de cerca de 10 horas (ida e volta). Dominando a metade sul da ilha, o vulcão Maderas, já inativo, é um pouco menor, alcançando uma altitude de 1.394m, e possui um lago em sua cratera. O Maderas também pode ser visitado e a caminhada até o seu cume costuma tomar entre 6 e 8 horas ida e volta, em um trajeto menos difícil, mas passando por vegetação mais densa, que o do seu vizinho. Devido às suas características e níveis de atividade, costuma-se referir ao Concepción como vulcão de fogo, enquanto o Maderas também é chamado de vulcão de água.

Volcán Concepción
Volcán Concepción

O lado sul da ilha, nas encostas do vulcão Maderas, também apresenta um conjunto expressivo de petroglifos, principalmente nas vizinhanças de Balgue e Santa Cruz (Finca El Porvenir). Esse setor também é o melhor para a observação da vida selvagem, principalmente macacos. A reserva Charco Verde, na metade norte da ilha, é um belo lugar para fazer caminhadas e observar a paisagem, enquanto o Olho de Água, próximo a praia de Santo Domingo, é um parque popular para passar o tempo fazendo nada e nadar na sua piscina natural.

Ojo De Água
Ojo De Água

Ometepe merece pelo menos três dias para ser explorada, mais para relaxar. Voltando a Rivas, no continente, a cidade de Granada está 70km ao norte e a fronteira com a Costa Rica apenas 35km ao sul.

Bem-vindo a LATAM Explorer

 

Leitura Sugerida

América Central

 



Booking.com

 

 

Galeria de Imagens


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *